NOTA DE REPÚDIO

NOTA DE REPÚDIO

 

A Câmara Municipal de Maravilha, através de toda sua Mesa Diretora, vem a público declarar e repudiar, todo e qualquer ato de violência, especialmente, aqueles praticados contra seus parlamentares em razão de seus posicionamentos e opiniões, derivadas das funções de seus mandatos e lamenta profundamente o acontecido com o vereador José Euglácido Araújo (MDB), popularmente conhecido como “Zé de Glorinha”, cujo os Maravilhenses já o elegeram por 07 (sete) mandatos consecutivos, o que por si só, já traduz sua condição de cidadão de bem perante toda sociedade..

Na última terça-feira dia 03/09/2019, após fazer uso da palavra e defender seu legítimo direito do exercício do seu mandato, quando de sua saída da Câmara Municipal ao termino da sessão, o vereador Zé de Glorinha, de forma covarde e traiçoeira, foi violentado e lesionado pelo indivíduo de nome Joacir Santana, cujo histórico de violência e desmando é conhecido por todos na cidade, o que nos causou bastante tristeza e indignação, pois tal postura em nada contribui para uma sociedade melhor, e sim, acirra o clima de ódio e violência, tão presentes nos dias atuais no cenário brasileiro.

Diante desse fato, a Mesa Diretora pediu providencias e está em contato com todos os órgãos competentes, no sentido de se buscar justiça e principalmente proteção a todos os parlamentares Maravilhenses, uma vez que, todos nós sabemos: que toda essa agressão sofrida por nosso colega parlamentar, parte de militância política local, visto que o agressor é irmão de um pretenso candidato a prefeito e, infelizmente, influenciado também por outras pessoas que não esperam paz e harmonia em nosso tão querido e pacato Município.

 

Maravilha - AL, 04 de setembro de 2019

 

MÁRCIA REJANE SILVA ROCHA

Presidente da Câmara Municipal de Vereadores